O que é Green roof?

Green roof, também conhecido como telhado verde, é uma técnica de construção sustentável que consiste em cobrir o telhado de um edifício com vegetação. Essa prática tem se tornado cada vez mais popular em todo o mundo, devido aos seus benefícios ambientais, estéticos e econômicos.

Benefícios ambientais do Green roof

Um dos principais benefícios do green roof é a redução do impacto ambiental. A vegetação presente no telhado ajuda a capturar e filtrar a água da chuva, reduzindo a quantidade de escoamento superficial e, consequentemente, o risco de enchentes. Além disso, as plantas absorvem dióxido de carbono (CO2) e liberam oxigênio, contribuindo para a melhoria da qualidade do ar.

Outro benefício ambiental é a capacidade do green roof de reduzir a ilha de calor urbana. Nas áreas urbanas, a concentração de edifícios e asfalto faz com que a temperatura seja mais elevada do que nas áreas rurais. A vegetação presente nos telhados ajuda a reduzir essa temperatura, proporcionando um ambiente mais fresco e agradável.

Benefícios estéticos do Green roof

Além dos benefícios ambientais, o green roof também oferece vantagens estéticas. A presença de vegetação nos telhados confere um visual mais atraente e natural aos edifícios, integrando-os harmoniosamente ao ambiente ao redor. Essa característica é especialmente valorizada em áreas urbanas, onde a paisagem é predominantemente composta por concreto e asfalto.

Além disso, o green roof pode ser utilizado como um espaço de lazer e convivência. Muitos edifícios com telhados verdes são projetados para permitir o acesso dos moradores ou funcionários, oferecendo áreas de descanso, jardins suspensos e até mesmo hortas comunitárias. Esses espaços proporcionam momentos de relaxamento e contato com a natureza, melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Benefícios econômicos do Green roof

O green roof também traz benefícios econômicos para os proprietários dos edifícios. Um telhado verde bem projetado e instalado pode ajudar a reduzir os custos com energia, uma vez que a vegetação atua como isolante térmico, reduzindo a necessidade de ar condicionado no verão e aquecimento no inverno.

Além disso, o green roof pode aumentar o valor do imóvel. A presença de um telhado verde é considerada um diferencial pelos compradores e locatários, o que pode resultar em uma valorização do imóvel. Além disso, a vegetação nos telhados pode ajudar a prolongar a vida útil do telhado, reduzindo a necessidade de manutenção e substituição frequente.

Tipos de Green roof

Existem diferentes tipos de green roof, que variam de acordo com a quantidade de vegetação e o sistema de irrigação utilizado. Os principais tipos são:

– Extensivo: é o tipo mais comum e consiste em uma camada fina de vegetação, geralmente composta por plantas resistentes à seca e de baixa manutenção. Esse tipo de green roof é mais leve e requer menos irrigação.

– Intensivo: é um tipo de green roof mais complexo, que permite o cultivo de uma grande variedade de plantas, incluindo árvores e arbustos. Esse tipo de telhado verde requer uma estrutura mais robusta e um sistema de irrigação mais eficiente.

– Semi-intensivo: é uma opção intermediária entre o green roof extensivo e o intensivo. Esse tipo de telhado verde permite o cultivo de plantas de médio porte, como gramíneas e herbáceas, e requer uma manutenção moderada.

Como construir um Green roof

A construção de um green roof requer alguns cuidados e etapas específicas. Primeiramente, é necessário avaliar a capacidade estrutural do edifício, uma vez que o peso adicional da vegetação e do substrato pode ser significativo. É importante contar com a orientação de um engenheiro ou arquiteto especializado nesse tipo de projeto.

Após a avaliação estrutural, é necessário preparar o telhado para receber o green roof. Isso inclui a impermeabilização adequada, a instalação de uma camada de drenagem para evitar o acúmulo de água e a aplicação de um substrato adequado para o crescimento das plantas.

Em seguida, é feito o plantio das espécies vegetais escolhidas, levando em consideração as condições climáticas e a manutenção necessária. É importante garantir a irrigação adequada e a manutenção regular do green roof, incluindo a poda das plantas e a remoção de ervas daninhas.

Exemplos de Green roof

O green roof pode ser aplicado em diferentes tipos de edifícios, desde residenciais até comerciais e industriais. Alguns exemplos de green roof ao redor do mundo incluem:

– Jardim suspenso de Singapura: localizado no topo de três arranha-céus, esse jardim suspenso é um dos maiores do mundo, com uma área de mais de 1 hectare. Além de oferecer um espaço verde para os moradores, ele também possui uma cachoeira artificial e trilhas para caminhada.

– Central Park, Nova York: embora não seja um green roof no sentido tradicional, o Central Park é um exemplo de como a vegetação pode ser incorporada em áreas urbanas. Com uma área de mais de 340 hectares, o parque oferece um refúgio verde no coração de Manhattan.

– Museu do Amanhã, Rio de Janeiro: o Museu do Amanhã, localizado na região portuária do Rio de Janeiro, possui um green roof que cobre toda a sua estrutura. Além de contribuir para a redução da temperatura interna do edifício, o telhado verde oferece uma vista panorâmica da Baía de Guanabara.

Conclusão

O green roof é uma técnica de construção sustentável que traz benefícios ambientais, estéticos e econômicos. Além de reduzir o impacto ambiental e melhorar a qualidade do ar, o green roof também oferece um visual atraente aos edifícios e pode ser utilizado como um espaço de lazer. Existem diferentes tipos de green roof, que variam de acordo com a quantidade de vegetação e o sistema de irrigação utilizado. A construção de um green roof requer cuidados específicos e a orientação de profissionais especializados. Exemplos de green roof ao redor do mundo demonstram a aplicabilidade dessa técnica em diferentes contextos.